Arte postal

Arte postal

Na arte postal, os componentes filatélicos e postais servem de suporte para o artista expressar sua criatividade e sensibilidade, com apoio de colagens, fotografia, escrita ou pintura. O envelope de correspondência se transforma, então, numa tela em branco. Escrevi um artigo sobre o tema, destacando o trabalho do artista multimídia Paulo Bruscky, que foi publicado […] leia mais...
23 de fevereiro de 1992

23 de fevereiro de 1992

Escrevi esse texto há quatro anos, e os sentimentos continuam os mesmos: “Hoje, 23 de fevereiro, faz 20 anos que vim morar em São Paulo. Era um domingo. Acompanhada de meu pai, havia tomado na rodoviária o Cometa das 14h, que passava por São Roque, seguindo pela sinuosa Raposo Tavares. Descemos por volta das 16h […] leia mais...
Pedido de desculpas

Pedido de desculpas

Dia útil, 6 e 38 da tarde, Estação Barra Funda. No vai e vem da massa humana espremida entre catracas, plataformas e pilastras, o ordinário aconteceu. Eu pisei no pé de uma mulher. Imediatamente pedi desculpas. Ela me olhou, e eu vi a fúria iluminar sua face. Os lábios trêmulos, a testa franzida, os dentes […] leia mais...
Sustança em Santa Cecília: Talitha Barros e sua culinária de antigamente

Sustança em Santa Cecília: Talitha Barros e sua culinária de antigamente

Ela cozinha como avó, daquelas preocupadas em oferecer ao neto uma refeição de sustança. Arroz e ovo são ingredientes VIPs no seu fogão de duas bocas. Ao primeiro, mistura suã, polvo, costelinha, rabada, galinha, moela, sardinha, coração de frango, sururu, tutano ou legumes, conforme o dia da semana, a vontade ou a disponibilidade dos fornecedores. […] leia mais...
Equilibrista

Equilibrista

“Como eu estou me sentindo, eles me perguntaram. Aliviada, muito aliviada. Parece que tiraram das minhas costas um peso do tamanho do mundo. Fazia tempo que não me sentia assim, aliviada. No fundo, aconteceu o que eu mais queria e não tinha coragem de admitir. Eu queria parar. Colocar um ponto final. Dizer: chega, basta, […] leia mais...
O gentleman de Santa Cecília

O gentleman de Santa Cecília

Os vizinhos do quarteirão de cima são uma família forjada pelo acaso e não pelo genes. O mais velho deles, de suíças esbranquiçadas, é o avô. O filho, mulato claro, está sempre descalço e dorme mesmo com o sol do meio dia. A filha, muito magra e muito negra, é a rainha desse lar improvisado. […] leia mais...
Feriado

Feriado

Era uma terça-feira. Descubro agora consultando um calendário antigo. 12 de outubro de 1982. O primeiro Dia das Crianças do qual eu me lembro. Acordei mais cedo que de costume, animada com o passeio programado pelo meu pai para o feriado: ver aviões de verdade, grandões, no aeroporto de Viracopos, em Campinas. Uma novidade para […] leia mais...
Pizza

Pizza

O pedido? O mesmo de sempre, uma pizza grande Napolitana, a favorita de minha mãe. Aquela borda com bolhas irregulares meio tostadinhas e pinceladas com molho ralo de tomate me encantava. O que significava aquela comida misteriosa, completamente diferente da servida em casa? Eu não conseguia mastigar direito o queijo derretido, a massa meio dura […] leia mais...
Filatelia, uma atividade analógica em tempos digitais

Filatelia, uma atividade analógica em tempos digitais

Há 175 anos, um procedimento aparentemente óbvio revolucionou o sistema de correio. A começar pelo da Inglaterra, país que criou o selo postal: um pedaço de papel monocromático ou colorido, com valor monetário impresso. Quando colado na frente de um envelope ou pacote, serve de recibo de pagamento pelo serviço de entrega daquele objeto. Antes […] leia mais...
Preto ou marrom?

Preto ou marrom?

Há dias apareceu um vira-lata na esquina. Preto ou marrom? De tão encardido, é difícil saber a cor original. Geralmente quando eu passo pela calçada, ele dorme com a cabeça encostada na soleira do bar. Mas hoje o cão está desperto e sacode o rabo, em posição de alerta. Parado na bifurcação, ele olha fixamente […] leia mais...
Powered by WordPress | Fluxipress Theme